Vaticano divulga agenda oficial da viagem do Papa ao Brasil

07-05-2013
Tags: Papa Francisco, agenda, viagem, JMJ, Rio de Janeiro, Brasil

A Santa Sé divulgou na manhã deta terça feira, 7, a programação oficial da viagem do Papa Francisco ao Brasil, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, em julho. Esta será a primeira viagem internacional do pontífice. A agenda inclui desde Atos Protocolares, como o encontro com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, até a visita a uma comunidade carente, em um hospital e a jovens detentos.

O Papa chegará ao Brasil em 22 de julho, segunda-feira. A acolhida oficial será feita no Aeroporto Internacional do Galeão/Antônio Carlos Jobim, a partir de 16h. em seguida, haverá cerimônia de boas vindas no jardim do Palácio Guanabara, onde o Santo Padre fará seu primeiro discurso. No local, acontecerá a recepção protocolar das três esferas de governo com a presidente da república Dilma Rousseff, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes.

A Residência do Sumaré, que hospedou o beato João Paulo II em 1980 e 1997, receberá o Sumo Pontífice durante sua estadia. Com a simplicidade que o mundo já conhece, o Francisco vai presidir missas diárias privativas na Residência.

Visita a Aparecida

O Papa visitará, na quarta-feira, 24 de julho, o Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, o maior santuário mariano do mundo. A visita foi um pedido pessoal do Papa Francisco, que tem expressado publicamente sua devoção por Maria, mãe de Jesus. Ao lado do cardeal Dom Raymundo Damasceno, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Aparecida, o Sumo Pontífice celebrará uma Missa, após a veneração da imagem da Virgem na Basílica.

Visita a hospitais

Ainda na quarta-feira, o Papa Francisco participará da inauguração do Pólo de Atenção Integrada da Saúde Mental (PAI), que atua no tratamento da dependência química.

O Papa fará, ainda, uma visita ao Hospital São Francisco da Tijuca (antigo Ordem Terceira da Penitência/VOT). A instituição presta atendimento particular, para clientes de planos de saúde, e para pacientes do SUS, encaminhados via Secretaria do Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

Acolhida

No dia 25 de julho, o prefeito Eduardo Paes, em um gesto simbólico e tradicional, entregará as chaves da cidade ao Sumo Pontífice. Também estão previstos um encontro com representantes do mundo esportivo e a bênção das bandeiras Olímpicas.

Depois de 33 anos, um Papa volta a visitar uma comunidade da periferia carioca. Agora, em vez do Vidigal, na Zona Sul do Rio, onde esteve João Paulo II em 1980, o destino será uma favela da Zona Norte: Varginha, no Complexo de Manguinhos, recentemente pacificada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. O Papa falará aos moradores e lhes dará sua bênção.

Às 18h, o Santo Padre participa da festa de acolhida dos jovens na orla de Copacabana, um dos atos centrais da JMJ. Será a sua primeira saudação aos peregrinos da Jornada.

Um dia só para os jovens

Um dos pontos turísticos mais visitados da cidade é a antiga casa de repouso do imperador Dom Pedro, a Quinta da Boa Vista. O local receberá um dos maiores pontos de catequese do evento e a Feira Vocacional. O Santo Padre atenderá quatro confissões de jovens na manhã de sexta-feira, dia 26.

Em seguida, alguns jovens que estão reclusos em casas de detenção se encontrarão com o Papa Francisco no Palácio Arquiepiscopal São Joaquim. Ao meio dia, o Sumo Pontífice fará a Oração Angelus Domini do balcão central do Palácio. Antes do tradicional almoço com os jovens de todos os continentes, que acontece nas Jornadas, o Papa fará uma saudação ao Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013 e aos patrocinadores.

Às 18h, acontecerá a Via Crucis com os jovens, na orla da Praia de Copacabana, o terceiro ato central da JMJ.

Um sábado de encontros e oração

As atividades oficiais começam com a Santa Missa com os bispos, sacerdotes, religiosos e seminaristas, na Catedral São Sebastião, presidida pelo Santo Padre. Em seguida, Francisco encontra representantes da sociedade civil no Teatro Municipal.

À tarde, almoça com os cardeais brasileiros, a presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), os bispos do Regional Leste 1 da CNBB (que compreende as dioceses do Estado do Rio de Janeiro) e o Séquito Papal, no refeitório do Centro de Estudos do Sumaré.

A partir de 19h30, Francisco estará em Guaratiba, no Campus Fidei, para a Vigília de Oração com os jovens, quarto ato central da JMJ. Ele fará um discurso e adorará, junto aos jovens, o Santíssimo Sacramento.

Domingo de despedidas

Às 10h, o Papa celebrará, no Campus Fidei, a Missa de envio dos participantes da Jornada do Rio e anunciará o próximo local que acolherá o evento. Ao meio dia, fará a oração do Angelus Domini com os peregrinos.

O Papa deverá encontrar os 60 mil voluntários envolvidos nos trabalhos da Jornada no Pavilhão 5 do Rio Centro, às 17h30.

Haverá, ainda, uma cerimônia de despedida no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, onde o Santo Padre fará um discurso. Sua partida de volta a Roma está marcada para as 19h.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
por
Comshalom.org, com portal Rio 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *